Você já parou para pensar que Deus é quem foi o criador de todas as profissões que existem no mundo? E que todas elas estão nEle? Isso nos diz que Ele conhece e domina cada profissão. (Ele é chamado de O arquiteto, O construtor; O edificador. É um trabalhador e nos chama ao trabalho. Ele é um professor; O jardineiro, O pastor. Ele é o oleiro que forma as coisas do barro). Mas ainda assim, muitas vezes nos questionamos se o que fazemos no mercado de trabalho, é sagrado, santo… se agrada a Deus. Não sei você, mas eu já me peguei pensando sobre isso algumas vezes.

Normalmente, somos levados a esse pensamento por acharmos que o que está fora da igreja ou meio cristão/evangélico não vem de Deus. E isso é uma visão distorcida da realidade. Pois Ele criou TODAS as coisas (Gn 1:1). Trabalho é o que nos faz humano. É parte para o que fomos criados. Logo estaremos no mundo exercendo-o. Esse desencontro começa porque nós costumamos dividir, separar aquilo que Deus criou entre sagrado e secular. Usamos da dicotomia, na qual dividimos a realidade. Observa comigo.

Então a gente meio que escolhe. “Eu trabalho no mercado de trabalho. Então tenho uma vida secular”. Logo, já que não é ministério, não é santo, é só um emprego. Mas Deus não criou o mundo dividido entre sagrado e secular (Cl 1:16). Tudo foi criado por Ele, para Ele e por meio dEle. Seu chamado não é secular ou sagrado. Não há separação. Tudo é santo para Deus. Todas as coisas foram feitas por intermédio dele (Jo 1:3). Você pode estar no mercado de trabalho e adorando a Deus. Em Deus criador, toda realidade é santa. O que podemos separar é o mundo físico do espiritual. 

Chamados a multiplicar, governar a terra e exercer domínio sobre a criação

“Então Deus os abençoou e disse: “Sejam férteis e multipliquem-se. Encham e governem a terra. Dominem sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu e sobre todos os animais que rastejam pelo chão”. (‭Gênesis‬ ‭1:28‬ ‭NVT)‬‬

Em Gênesis, o Senhor nos diz que fomos criados para multiplicar e encher a terra, e dominar tudo que se move sobre ela. Que fomos chamados a governar/subjugar a terra, para ter atividade, trabalho, no mundo. Não é incrível! Então no momento que nós fomos criados à imagem e semelhança de Deus, nos foi dado um trabalho, um chamado: frutifiquem, liderem, dominem.

Logo, antes do pecado acontecer já havia trabalho, uma vocação e um propósito para a humanidade. Isso aconteceu antes do pecado entrar no mundo; durante o ministério de Jesus e depois do ministério de Jesus, até os dias de hoje. É algo que jamais mudou. Chamado ao trabalho acontece durante toda história. 

O trabalho permanecerá

Saiba que independente do lugar ou posição que você está, você é chamado a viver um propósito. O chamado não é para você, mas sim para um propósito, o qual você ofertará ou oferecerá ao mundo.

Deus colocou Adão no jardim para trabalhar e porque queria estar com Adão no lugar de trabalho. Não podemos fazer nada sem Deus; e Ele quer fazer as coisas conosco. Porém, muitas vezes nós temos negligenciado o que Deus quer fazer conosco nesse lugar. Lembre-se: o Senhor não vai te chamar para fazer algo que Ele não esteja junto com você. É uma parceria.

Em Isaías (65:21) diz que quando Jesus voltar Ele irá restaurar as coisas. Entretanto, Ele não vai retirar o trabalho. Irá restaurar a plenitude da alegria para aquilo que você foi chamado para fazer. Sendo assim, você terá um corpo ressurreto, mas ainda assim, irá trabalhar com suas mãos.

Todos somos chamados a sermos missionários

Uma vez que compreendemos que para Deus não há separação entre secular e o sagrado. E que o nosso chamado começa em Gênesis com o momento que fomos criados à imagem de Deus, no qual nos foi dado um trabalho: frutifiquem, liderem, dominem. Entendemos que trabalho é parte para o que somos chamados a fazer sobre a terra. Está tudo bem sobre está no mercado de trabalho, se o Senhor te chamou à isso. 

Agora, todos nós somos chamados a fazer missões. Independe de onde estamos, pois não depende da região geográfica ou ambiente, seja no mercado de trabalho ou servindo em tempo integral em uma casa de oração. Para Deus o que importa, é onde está nosso coração. É para a intenção do coração que Ele olha. E, em todos os lugares podemos impactar pessoas ao falarmos do amor de Jesus. Ao vivermos como testemunhas de Cristo.

O objetivo, a missão, é que o amor dAquele que nos amou primeiro alcance as pessoas em nossa volta, da Galiléia até os Confins da terra. E que nós sejamos o ‘cano’ — que transborda pelas duas pontas — fazendo jorrar desse amor inesgotável e puro. Amor esse que excede todo conhecimento… com o qual a criatura já era amada pelo seu criador, antes mesmo de O conhecer.  

Durcy Arévalo

Nascida em Mato Grosso, recém-casada, Durcy está vivendo a incrível experiência de dedicar cinco meses exclusivos da sua vida para conhecer a Deus através do Intensivo Fascinação. Tem como foco adquirir um estilo de vida de permanência nas verdades do Senhor e estabelecer o lugar de oração. Durcy carrega um coração voltado a oração e intimidade com o Pai, e um desejo profundo que a vida de oração seja estabelecida em toda Igreja de Cristo. Tem como anseio que essa geração seja cheia do amor e do conhecimento de Deus. Sente da parte do Senhor ser uma voz profética de encorajamento e fé para as pessoas a sua volta.

Deixe uma resposta

×
×

Carrinho

Fechar