No texto de hoje, vamos falar em como ser um líder eficaz. De certa forma, cada um de nós exerce algum tipo de liderança. Seja em meio a grandes corporações ou em níveis mais simples de relacionamentos. Muitos líderes podem se sentir sozinhos em sua trajetória. Mas saibam, lidar com pessoas é sempre ter a oportunidade de aprender com suas diversidades. Além disso, isso também nos leva a crescermos em maturidade. Ser um líder eficaz não consiste em se encher de trabalho e fazer todas as coisas sozinhos, vivendo sobrecarregado. Um bom líder aprende a servir destacando o melhor daqueles que o “seguem” e fazem parte de suas comunidades.

Sem dúvida, Aquele que exerce liderança suprema, nos ensina como agirmos de forma que agrade a Deus. Pois, Jesus, mesmo sendo Deus, não usurpou a sua posição. Antes, decidiu se esvaziar de Si mesmo e tornar-se homem como nós. Ele é nosso maior exemplo de como um líder deve proceder. Afinal, com 12 discípulos, Ele estabeleceu a Igreja que persiste até os dias de hoje.

“pois ele, subsistindo em forma de Deus, não julgou como usurpação o ser igual a Deus; antes, a si mesmo se esvaziou, assumindo a forma de servo, tornando-se em semelhança de homens; e, reconhecido em figura humana.” Filipenses 2.6-7

Feliz o homem que aprende a se auto liderar ou autogovernar

Acredito que vivemos em uma época de extremo privilégio. Isso é algo que me deixa muito animada. Deus tem nos dado a oportunidade de conhecermos tantas coisas sobre a mente humana e como o homem funciona. Se pararmos para pensar, vamos perceber que os princípios já estavam lá, descritos no Livro Sagrado. Davi dizia a sua alma: “Aquieta-te no Senhor”. Porque ele fazia essa oração? Davi sabia que precisava ter o coração pastoreado por Deus para se livrar de todas as suas ansiedades. Sim, precisamos aprender sobre “inteligência emocional” e outros aspectos da vida. Mas tudo isso, à luz da Palavra de Deus! Então, o que a Bíblia fala sobre tais questões?

“Melhor é o homem paciente do que o guerreiro, mais vale controlar o seu espírito do que conquistar uma cidade.” Provérbios 16:32

“Como a cidade com seus muros derrubados, assim é quem não sabe dominar-se” Provérbios 25:28

Toda boa liderança começa com autoliderança. Pois somos daqueles que querem ensinar pelo exemplo e não por palavras e vãs filosofias, não é mesmo? Pois essa era a forma que Jesus fazia. Ensinava como quem tem autoridade e não como os escribas e fariseus. Mas então, o que vem a ser autoliderança?

Geralmente, usamos a palavra governo relacionado às questões da sociedade civil. Mas, por exemplo, Stephen McDowell e Mark Beliles afirmam que, em um “sentido geral, governo significa direção, controle, regulamentação, restrição”. E essas “esferas podem ser divididas em governo interno e externo”, segundo afirma os mesmos autores. Isso não te faz lembrar do fruto do Espírito relacionado a domínio próprio? Então, podemos dizer que autoliderança é quando aprendemos a governar sobre nós mesmos. E não podemos fazer isso sem a ajuda do Espírito de Deus. A verdade é que Ele quer nos ajudar.

Autogoverno

“Todo governo começa internamente no coração do homem, com a sua capacidade de governar a consciência, vontade, caráter, pensamentos, ideias, motivos, convicção, atitudes e desejos. Como um homem governa a si mesmo internamente afetam as suas ações externas, discurso, conduta e uso da propriedade, etc. Cada esfera externa de governo é um reflexo de uma esfera interna. Em outras palavras, o interno é o que causa o externo. O tipo de governo que existe nas casas, igrejas, escolas, negócios, associações, ou plano civis de uma país é um reflexo do autogoverno dos cidadãos.”  Stephen McDowell e Mark Beliles

Gostaria de trazer essa afirmação para nossa realidade. Por exemplo, pensemos um pouquinho apenas em nossa mesa de escritório ou quem sabe em nossos quartos. Como eles se parecem visualmente? Há organização e limpeza ou tudo é uma bagunça? Muita bagunça externa, muitas vezes é um reflexo das coisas que estão fora do lugar dentro de nós. De emoções e sentimento que precisamos organizar. E o Senhor quer nos ensinar a lidar com cada uma de nossas questões. De dentro para fora.

Assumindo nosso papel de servos

Em suma, podemos dizer que, toda liderança se inicia quando assumimos o papel de servos. Como líderes, serviremos a quem Deus colocar em nosso caminho com nossos dons e habilidades. Levando cada pessoa ao nosso redor a fluir em quem elas são. Nos dons e habilidades que possuem. Mas lembre-se: nossa capacidade de liderança aumentará em autoridade à medida que aprendermos a nos auto liderarmos primeiro.

Enfim, este é um assunto bem extenso, não é mesmo? E quero muito saber, o que você pensa sobre autoliderança? Como tem sido essa prática em sua vida? Você se considera um líder eficaz? Que saber mais sobre este assunto?

Nayla Cintra

Nascida em Mato Grosso, Nayla é missionária em tempo integral desde 2011, tendo já servido durante 4 anos na JOCUM (Jovens Com Uma Missão) e quase 2 anos como missionária intercessora no FHOP (Florianópolis House of Prayer). Atualmente dedica uma parte do seu tempo para ensinar artes para crianças em uma ONG em Florianópolis e outra parte do tempo para trabalhar com justiça social, com foco em tráfico humano. Nayla carrega um coração para pessoas em situação de vulnerabilidade social, ama o mundo artístico e criativo, é apaixonada por missões, mas tem como maior desejo ver o nome de Jesus sendo conhecido entre todos os povos e tribos da Terra.

Deixe uma resposta

×
×

Carrinho

Fechar